Jornalistas repudiam proposta das empresas que impõe mais perdas salariais e retira direitos

Publicado em:

Patrões negam todos os pedidos dos jornalistas, oferecem 4% de reajuste contra perdas acumuladas de 17,7% e querem abrir brecha para contratos sem registro profissional Após quase cinco meses de negociações para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), os representantes das empresas apresentaram no último sábado, 13 de… [ LEIA MAIS ]

Jornalistas paranaenses já amargam 18,84% em perdas salariais

Publicado em:

As perdas acumuladas pelos jornalistas paranaenses nos últimos anos, agravadas pelo não-reajuste do piso da categoria na data-base, já chegam a 18,84%. A conta inclui os valores do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de maio e junho deste ano – e o prejuízo vai aumentar quando sair o… [ LEIA MAIS ]

Salário sem reajuste e com perdas coloca jornalistas na lista de endividados no Paraná

Publicado em:

O Paraná é o quinto Estado com mais endividados no País segundo dados da Pesquisa de Inadimplência do Consumidor (Serasa Experian), divulgada no último dia 11. Enquanto o Brasil soma 66,6 milhões de endividados, ou seja 31% da população – maior número desde o início do estudo, em 2006 -,… [ LEIA MAIS ]

Empresários insistem em diferenciar salários e contratar jornalistas sem registro profissional

Publicado em:

Em nova mesa de negociação realizada na tarde de quinta-feira (30 de junho), o SindijorPR e o Sindijor Norte PR garantiram o compromisso de que os sindicatos patronais irão apresentar, nos próximos cinco dias, novos encaminhamentos para avançar na renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (2022/2023). A reunião, em sistema… [ LEIA MAIS ]

Enquanto exploram jornalistas, empresas recebem mais de R$ 128 milhões do Governo Ratinho Junior

Publicado em:

As empresas de comunicação do Paraná, em especial as de rádio e TV, e seus donos receberam do Governo do Paraná, sob gestão de Ratinho Junior – cuja família também detém redes de rádio e televisão no Estado – mais de R$ 128 milhões e 750 mil. O valor é… [ LEIA MAIS ]

CCT em atraso: Quais e de quem são as empresas que estão enrolando jornalistas?

Publicado em:

Chega de desrespeito, patrões! Está na hora de expor os nomes das empresas e os responsáveis por explorar o trabalho de jornalistas. Já paira entre os profissionais que atuam no Paraná a ideia de fazer paralisações, principalmente em TVs, que seguem alardeando serem amigas da sociedade e do mercado, mas… [ LEIA MAIS ]

Piso congelado, fim do anuênio e reajuste pífio: empresas insistem em danos aos jornalistas

Publicado em:

Passados quase três meses desde 1º de maio, data-base dos jornalistas, os donos de empresas de comunicação do Paraná apresentaram uma nova proposta para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2022/2023 na quarta-feira (22). Diante de perdas salariais que já superam 17%, os patrões agora oferecem um reajuste… [ LEIA MAIS ]

Salários diferentes, retirada do registro e do anuênio de jornalistas: é o que os patrões querem

Publicado em:

Sindicatos patronais manifestaram a intenção de insistir na diferenciação entre profissionais e na precarização da atividade jornalística no Estado O SindijorPR e o Sindijor Norte PR abriram as negociações para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2022/2023 com os sindicatos patronais em uma reunião online realizada na quinta-feira… [ LEIA MAIS ]

Perdas salariais dos jornalistas superam 17%, mas patrões oferecem apenas 3%

Publicado em:

Além disso, os ‘barões da mídia’ paranaense também insistem na retirada de direitos, inclusive visando liberação para demissões em massa sem qualquer consequência O arrocho salarial imposto pelas empresas aos jornalistas do Paraná bateu recorde nos últimos 26 anos. Com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de abril,… [ LEIA MAIS ]

Donos da mídia afrontam jornalistas com proposta de 3% de reajuste e imposição na CCT

Publicado em:

Jornalistas profissionais do Paraná já estão com reajuste salarial em atraso. Isso porque a data-base da Categoria é 1º de maio e os patrões não apareceram para negociar antes do início de um novo ciclo previsto em Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). Mas sabe quando pensamos que a situação não… [ LEIA MAIS ]