PISO SALARIAL DA CATEGORIA

BASE – 2020 / 2021

Tabela salarial de ingresso a partir de 1º de maio de 2020 – reposição inflacionária de 1,2%.

Repórter, redator, revisor, ilustrador, diagramador,
repórter fotográfico e repórter cinematográfico
R$ 3.674,73
Editor R$ 4.777,15
Pauteiro R$ 4.777,15
Editor chefe R$ 5.512,10
Chefe de setor R$ 5.512,10
Chefe de reportagem R$ 5.512,10

Freelancer – Assessoria de imprensa

Serviço mensal local R$ 3.674,73
Redação
Lauda de 20 linhas (1.440 caracteres)
Mais de duas fontes
R$ 197,17
Edição por página
Tablóide
Standard
R$ 255,35
R$ 305,96
Diagramação por página
Tablóide
Standard
Revista
Tablita / ofício / A4
R$ 127,68
R$ 174,08
R$ 94,86
R$ 64,84
Revisão
Lauda de 20 linhas (1.440 caracteres)
Tablóide
Tablita / ofício / A4
Standard
R$ 51,35
R$ 106,52
R$ 80,91
R$ 224,39
Ilustração
Cor
P & B
R$ 304,63 (cor)
R$ 202,85 (P & B)

Freelance Arfoc-PR –  REPORTAGENS FOTOGRÁFICAS E CINEMATOGRÁFICAS

Reportagem Fotográfica

Saída cor ou P&B até 3 horas R$ 652,43
Saída cor ou P&B até 5 horas R$ 987,18
Saída cor ou P&B até 7 horas R$ 1.670,35
Adicional por foto solicitada R$ 233,96
Foto de arquivo para uso editorial R$ 636,99

Reportagem Cinematográfica – Com equipamento e estrutura funcional fornecida pelo contratante

Saída até 5 horas R$ 628,50
Saída até 7 horas R$ 906,90
Adicional por hora 100%

Foto de arquivo para uso em*

Anúncio de jornais (interna) R$ 990,59
Anúncio de revista (interna) R$ 1.065,76
Capa de disco, calendário, revista, jornal R$ 1.670,35
Outdoor R$ 2.100,76
Cartazes, folhetos e camisetas R$ 684,87
Audiovisual até 50 unidades R$ 2.836,88
Audiovisual acima de 50 unidades a combinar
Diária em reportagem que inclui viagem R$ 2.611,79
Reportagem aérea internacional a combinar
Hora técnica R$ 133,20

*IMPORTANTE:
Lembramos que os valores acima referem-se apenas ao trabalho do profissional, incluído o uso do equipamento básico necessário para se executar uma cobertura fotográfica. Despesas com filmes, revelações, provas – contato, cópias, duplicatas, molduras, transmissões, transporte, alimentação, hospedagem, seguro de vida, credenciamento, dentre outras, correm por conta do contratante. Trabalhos realizados entre 21h e 6h, aos domingos e feriados e as saídas mistas (p & b e cor) serão acrescidas em 50%. Conforme a Lei 9.610/98 o fotojornalista realiza um trabalho de criação intelectual, que não pode ser confundido com mera prestação de serviços, portanto a LICENÇA DE REPRODUÇÃO DE OBRA FOTOGRÁFICA é um documento legal de cobrança. O crédito na foto é um direito do autor, obrigação de quem quer que divulgue, previsto pela Lei 9.610, de 19/02/1998. Trabalhos publicados sem crédito, junto à foto, sofrerão multa de 50% sobre seu valor, conforme a Lei 9.610 de 19/02/98. Na republicação, será cobrado 100% do valor da tabela. A foto editorial não pode ter utilização comercial. Certifique-se que a pessoa que vai lhe prestar o serviço de fotojornalismo, é um profissional habilitado.

Compartilhe: