Não deixe que fechem as portas para a liberdade de expressão.

Caros companheiros e caras companheiras,

A Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ lançou no dia 31/10 uma campanha de arrecadação de recursos para manter sua sede, em Brasília.

O imóvel foi penhorado pela justiça do Distrito Federal, em função de dívida tributária junto à Terracap, conforme anunciado na Carta Circular 02/2018.

O pagamento do débito, relativo ao Imposto Territorial Urbano (ITU) de um terreno concedido à Federação e nunca utilizado (pois sempre pertenceu ao governo do GDF), foi negociado com o Governo do Distrito Federal. Desta forma, a FENAJ terá de honrar com o pagamento de cerca de R$ 400 mil em 48 parcelas.

Além da dívida junto à Terracap, a FENAJ vem sendo penalizada com duas multas em função da não emissão de carteira a uma jornalista no Paraná e um jornalista do Ceará, totalizando aproximadamente R$ 420 mil.

Não é novidade para nenhum diretor (a) que a nossa Federação já se encontrava em uma situação financeira muito delicada, resultado da contrarreforma trabalhista, que acabou com a obrigatoriedade de recolhimento do Imposto Sindical por parte dos trabalhadores (a principal e maior receita da Federação), somado à irregularidade nos repasses das mensalidades dos sindicatos filiados. Tal situação foi explicitada na última reunião do Conselho de Representantes, em Brasília.

Diante desta realidade, a diretoria deliberou por buscar apoio financeiro junto à categoria e à sociedade, lançando a campanha de arrecadação de recursos, que será dividida em duas etapas:

1 – Lançamento da campanha “Salve a sede da FENAJ”, com peças publicitárias para sensibilização nas redes sociais da Federação, dos 31 Sindicatos de Jornalistas do país e também dos dirigentes.

Neste primeiro momento, divulgaremos as peças conceituais sobre a importância de se manter forte e firme a nossa entidade máxima em defesa da liberdade de imprensa e dos trabalhadores jornalistas. Amanhã será divulgada a primeira peça e na próxima semana, as demais.

2 – Na segunda fase, serão divulgadas as peças voltadas à arrecadação de recursos, com meta de arrecadar R$ de 1 milhão.

Já estão sendo viabilizadas as formas mais fáceis e seguras para que nossa campanha seja exitosa e que facilite a participação dos jornalistas. As contribuições poderão ser realizadas através de:
– Depósito na conta da FENAJ
– Campanha Vaquinha Virtual
– Site da FENAJ (lojinha virtual)

As peças voltadas para a arrecadação conterão as informações de como contribuir. Mas, para que a campanha dê certo precisamos de contar com o engajamento de todos os Sindicatos filiados à Federação. É preciso que a campanha chegue a cada jornalista filiado aos Sindicatos e também à parcela da categoria não filiada.

Para isso, pedimos que a campanha seja divulgada em todas as mídias dos Sindicatos e, se possível, que as peças sejam impressas e fixadas nas principais redações de cada Estado. Além disso, também é importante divulgar a campanha entre outros sindicatos e entidades parceiras.

Na certeza do empenho de todos (as) para que tenhamos êxito nas ações propostas, colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Encaminhamos mais uma peça de sensibilização da nossa campanha de arrecadação de recursos para conseguirmos manter a nossa sede. Pedimos a mais ampla divulgação da peça junto aos filiados e filiadas aos Sindicatos e também aos contatos institucionais e pessoais de cada um.

Na semana que vem serão divulgadas as formas de contribuição.

Na certeza do empenho de todos e todas, coloco- me à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Saudações.

Maria José Braga
Presidenta

Compartilhe: